Quase dois meses. 5.229 assinantes. Esse foi o tempo e o resultado dos testes realizados no blog de literatura de um amigo. Sabemos que boa parte das pessoas que acessam um site nunca mais voltam e produzir conteúdo com essa estatística em mente é no mínimo deprimente. Mas, felizmente, existe o optin para podermos cativar nossos leitores e assim construir uma base sólida de pessoas que se interessam pelo seu conteúdo. Essa é a chave para monetizar seus esforços de Marketing de Conteúdo.

Ideia Inicial

Inicialmente, o blog não tinha nenhuma forma de cadastro. O primeiro passo então foi fazer o óbvio. Criar o primeiro. Por experiência, o tipo de optin que mais converte é o famoso modal de saída, aquele que aciona quando o mouse está saindo da tela. Optei por uma frase genérica pois não estava preocupado (ainda) em impactar o público da melhor forma e sim, colocar algo rapidamente para começar a capturar os e-mails. Até porque ainda precisava entender melhor aquilo que convertia bem para o publico do blog.

1

Taxa de Conversão: 4,5%

Primeiro Teste – Modal de Duas Etapas

A primeira ideia de teste surgiu de um material da Bounce Exchange, empresa focada em modais de saída. O material dizia que todos os testes que eles faziam, o modal de duas etapas, com a apresentação das opções de sim e não antes do campo de cadastro aparecer, sempre venciam os testes que eles realizavam. Resolvi tirar a prova.

2

Taxa de Conversão: 2,2% (-52,0%)

Bom, o resultado não foi tão bom. Pelo menos não da forma como propus. Essa é uma importante lição. Não saia acreditando em boas práticas. Cada público tem sua peculiaridade e merece ser entendido. Otimização da conversão é um universo infinito. Pode ser que eu não soube fazer da forma certa ou pode ser que simplesmente não funciona para o público deste blog.

Segundo Teste – Apelo Social

Conversando com um colega sobre esses testes e ele sabendo do número de cadastrados que já tínhamos conquistado, ele sugeriu um apelo social mais focado. Foi aí que surgiu a ideia abaixo.

3

Taxa de Conversão: 6,6% (+45,9%)

Os resultados foram animadores. A mensagem agora dava pra pessoa um motivo maior para se cadastrar. Ora, se 4.332 pessoas se cadastraram, quem sou eu para ser o diferentão. Além disso, o termo “escritores independentes” tinha seu apelo por se tratar de um blog de literatura.

Terceiro Teste – Demografia

A próxima ideia eu tirei de uma de minhas análises no Google Analytics. Analisando a área de demografia, encontrei um dado interessante. 68,3% dos leitores do blog eram leitoras e 49,9% estavam na faixa etária de 18 a 24 anos. Com essa concentração demográfica clara ficou mais claro também falar em persona. Minha hipótese agora é de que o público é estudante e talvez esteja querendo potencializar mais suas habilidades de escrita para poder ir bem no vestibular ou ENEM.

4

Taxa de Conversão: 7,7% (+69,8%)

Novamente o resultado foi muito positivo. Praticamente 70% de aumento na conversão original.

E o Mobile?

Como eu falei, eu estava trabalhando com um modal de saída, que é baseado em um mouse. Mas, no celular não temos um mouse. Você vai deixar de pedir cadastro no mobile? Claro que não. Fiz outro para complementar a estratégia nesse lado que muitas vezes é esquecido. Afinal, 47% do tráfego do blog é mobile. Neste caso o modal aparece depois de 10 segundos.

6

Taxa de Conversão: 2,5% (+124,9%)

Com a adição de 2,5% de conversão aos 7,7% do desktop chegamos a 10,2% de conversão. Acabou por aí? Não. Já tem um novo teste rodando.

Quarto Teste – Elemento Duvidoso

A ideia agora é gerar incerteza no usuário. Será que você sabe se expressar bem da forma escrita? A hipótese é que essa incerteza possa gerar mais apelo para o cadastro. Outro teste em andamento é reduzir o tempo para exibir o modal na versão mobile (de 10 para 5 segundos). Vamos aguardar os resultados. Afinal, otimização é infinita. Rumo aos 15% de conversão.

5

Se você quer saber um pouco mais sobre como foi o processo ou como você pode aplicar um semelhante, é só falar comigo. Se você leu tudo, muito obrigado.

Ajude a espalhar o conteúdo